Turma da Mônica homenageia Janeth Arcain

Ex-jogadora da seleção brasileira de basquete entra para o projeto Donas da Rua da História

Ex-jogadora da seleção brasileira de basquete entra para o projeto Donas da Rua da História

14.05.2019
226 VISITAS
Post original em: 11.04.2019
A Mauricio de Sousa Produções (MSP) trouxe para o Donas da Rua da História a trajetória de Janeth Arcain, uma das mulheres mais importantes das quadras de basquete no Brasil e no mundo. A ex-atleta defendeu a seleção brasileira durante 21 anos e é recordista mundial.
%
off

Oferta Exclusiva Para Compra deste Produto   CLIQUE AQUI E PEÇA ESTE PRESENTE!   ATENDIMENTO VIA WHATSAPP

CLIQUE PARA AMPLIAR OU REDUZIR

  • R$
    Clique abaixo para mais dados do produto...


Ela foi a primeira sul-americana a ingressar na Women’s NBA, maior liga de basquete feminino do mundo, e a única estrangeira a se tornar tetracampeã da disputa. Para além das conquistas nas quadras, durante suas vivências em trabalhos voluntários nos EUA, a atleta se inspirou e fundou, em 2002, o Instituto Janeth Arcain (IJA), que tem como objetivo utilizar o esporte para o desenvolvimento humano.
Além de ensinar basquete para crianças e jovens, o IJA também tem projetos socioeducativos com temas ligados à saúde, nutrição e alimentação saudável, inclusão e até uma iniciativa que oferece aulas inglês gratuitamente. O instituto estima que já foram beneficiadas mais de 15 mil pessoas com as ações.
Agora a ex-atleta entra para a galeria de mulheres inspiradoras do projeto Donas da Rua da História, que trabalha a autoestima das meninas e seus direitos às oportunidades.
Janeth foi representada pela personagem Milena, mais uma Dona da Rua do bairro do Limoeiro, e teve sua biografia incluída na plataforma do projeto.

Das Assessorias

DESTAQUES QUE PODEM INTERESSAR...

Como desenhista fez sucesso com um gambá
Como desenhista fez sucesso com um gambá  
Nerd Weekend discute empreendedorismo voltado para a cultura pop
Nerd Weekend discute empreendedorismo voltado para a cultura pop  
A arte pictórica tem o poder de contar a história
A arte pictórica tem o poder de contar a história