Rodin, o escultor fotógrafo

A técnica da fotografia mostrou-se inicialmente, para Rodin, um instrumento útil para subsidiar e fazer avançar seu trabalho como escultor.

A técnica da fotografia mostrou-se inicialmente, para Rodin, um instrumento útil para subsidiar e fazer avançar seu trabalho como escultor.

18.09.2018
393 VISITAS
“O artista que é verdadeiro, e a fotografia é mentirosa - Essas poucas palavras sintetizam aquilo que Rodin criticava na imagem fixa: sua forma de impor uma única visão, sua incapacidade de captar o movimento e sua dificuldade para expor o modelado das esculturas."

Desta dorma Hélène Pinet - Curadora da Exposição e Coordenadora científica da coleção de fotografias e responsável pelo setor de pesquisa, documentação, biblioteca e arquivos do Museu Rodin abriu a exposição "RODIN – DO ATELIÊ AO MUSEU"
E continuou: "Apesar das reticências expressas na frase, em 1880 o escultor abriu as portas do ateliê para fotógrafos locais, amadores, editoras especializadas em retratos e fotógrafos artistas, que produziram diferentes interpretações de sua obra. É essa diversidade de pontos-de-vista, buscada e encorajada por Rodin, que apresentamos aqui, a partir da seleção de algumas das 7 mil imagens colecionadas em vida pelo escultor. Os bronzes e o mármore apresentados nesta exposição ressaltam a riqueza do diálogo entre escultura e fotografia."

DESTAQUES QUE PODEM INTERESSAR...

Uma nova maneira de ler histórias em quadrinhos
Uma nova maneira de ler histórias em quadrinhos  
Bidu e Zaz Traz! - Coleção Histórica Maurício 80 anos
Bidu e Zaz Traz! - Coleção Histórica Maurício 80 anos
  
Turma da Mônica homenageia Janeth Arcain
Turma da Mônica homenageia Janeth Arcain